Quem sou eu?

Quem poderia me definir melhor do que minha professora do jardim de infância?

1º Semestre – 1986

É uma criança alegre, comunicativa, sensível e brincalhona; independente e dengosa.

Querido por todos na turma, demonstra muitas vezes preferência pelos mesmos amigos, os procura e é procurado por eles para propor brincadeiras. Quando a situação proporciona que todo o grupo se relacione, Pedrinho trabalha reclamando ou se recusando a mudar de grupo. Por vezes, prefere voltar ao “antigo grupo”.

No início, foi difícil Pedrinho entrar no grupo que já era formado há dois anos, mas com a sua simpatia conquistou os amigos e passou, muitas vezes, a liderar as brincadeiras.

Quando é chamado para executar um trabalho, o faz muito rapidamente e de qualquer maneira, entregando tudo inacabado ou nem faz, conversando o tempo todo com os amigos. É preciso ficar muito atenta para não deixar que o seu pique caia, pois o seu interesse pelas atividades é muito efêmero.

Seus trabalhos são interessantes, mas nem sempre mantém o capricho necessário. Nem sempre tem concentração no que faz e se tiver algo que desperta sua atenção, imediatamente se distrai para explorar o objeto, brincadeira ou amigo.

Não gosta de ser chamado atenção quando está fazendo algo “errado” e rebate, discutindo com a professora ou outro adulto. Tem senso crítico aguçado, sempre atento para todos os detalhes que o rodeiam.

Quanto à sexualidade, demonstra muita curiosidade em saber do assunto, reagindo de maneira normal, mas algumas vezes, fica rindo e gozando dos amigos, os deixando encabulados.

No lanche, quase sempre derrama o líquido que traz na mesa já que fica distraído no grupo de amigos, conversando. Muitas vezes, Pedrinho não traz o lanche e diz que na sua casa só tem frutas que não gosta, e vai de criança em criança pedir um pouquinho de lanche, escolhendo o que gosta e o que não gosta.

É necessário ficar atenta para incentivá-lo a se organizar melhor. Isso porque esquece na escola diversos objetos que traz para mostrar aos amigos, jogados no chão, sendo repreendido diversas vezes pela professora.

Só divide seus pertences com os amigos que escolhe, não deixando os outros tocarem nem que a brincadeira tenha a proposta da divisão. Muitas vezes, quando um amigo traz um objeto interessante, Pedrinho se apodera do objeto, se tornando o líder da brincadeira. Inclusive, escolhendo quem pode ou não trabalhar – excluindo até mesmo o dono do objeto. Nas brincadeiras de pátio, como correr e pular, tem boa coordenação e um bom pique, mas nem sempre está disposto a participar de todas as brincadeiras.

Seu vocabulário é ótimo e tem boa comunicação com os amigos. Quando os trabalhos são propostos, quase sempre não entende (já que fica conversando) e é preciso que os amigos o expliquem várias vezes para que compreenda a proposta. Na dúvida, repete a pergunta “O que é pra fazer?”.

A linguagem gráfica é razoável, apresenta poucos detalhes para o nível de desenho. Comunica-se bastante com o corpo e nos trabalhos de dramatização é bem expressivo. Adora se expressar pela música e pela plástica.

Um beijão,
tia Sylvia (C.A.)

Anúncios

7 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Tatiana
    ago 17, 2010 @ 00:32:30

    Nossa que fofo, vou continuar guardando as “avaliações” dos meus filhos para ler daqui uns 20 anos. Será uma grata surpresa percebe-los com tamanha singeleza. Por que sabicumé, mãe e pai às vezes também tem uma baita dificuldade de entender os próprios filhos.
    Acompanho o blog da Carol e adorei o seu novo blog.

    bjs,
    Tati
    mãe de Pedro e André

    Responder

  2. petrusrocha
    ago 17, 2010 @ 16:39:14

    Oi Tati. Minha mãe tem uma pasta com todos os meus relatórios, boletins, trabalhos escolares e textos e desenhos que fiz.

    Quando eu entrei para a faculdade, ela me deu a pasta e disse que a partir daquele momento, quem tinha que cuidar dela era eu.

    E olha que na tal pasta tinham vários trabalhos que eu nem lembrava que tinha escrito, outros que achei que tinha jogado fora e tal. Foi muito bom ver essas coisas e principalmente este relatório tão velho meu e que ainda hoje poderia me descrever quase que completamente.

    Se você fizer isso por meu xará e André, tenho certeza que eles vão valorizar assim como eu valorizo.

    Que bom que você gostou do meu blog. Espero que possa continuar gostando com os próximos posts.

    Bjs!

    Responder

  3. Fabíola
    jan 10, 2011 @ 17:54:06

    Caramba Pedrinho,
    vc era um belo de um pestinha encantador 🙂

    Responder

  4. Giovana
    abr 01, 2011 @ 02:13:19

    Adorei o seu blog!! Muito bom mesmo! Super criatividade!

    Ainda nao sou mae mas fui Au Pair de duas menininhas de 4 e 5 anos que me enchiam de perguntas. Tentava criar “mitologias infantis”, mas suas respostas simples eram ainda mais criativas. A menorzinha uma vez me disse que para saber o sexo do bebe da vizinha que estava gravida era facil. Se o bebe nascesse com cilios era uma menina, se nao, era um menino. (Ela se lembrou dos desenhos da escola que diferenciava os meninos das meninas).
    Quis apenas dividir!!
    Parabens, Pedrinho!

    Responder

  5. Jonathan Keller
    maio 19, 2011 @ 10:59:18

    Adorei seu blog! Parabens! Vou ter que voltar logo e muito para ler mas. Seria muito legal se voce gravaria as suas historias.

    Responder

  6. Lineu P. Nogueira
    ago 22, 2012 @ 20:06:17

    Se Deus nao existe, porque entao o pobre respira o mesmo ar que eu respiro?
    Porque esses pobres tambem descansam quando dormem exatemente como eu?
    Será que é porque Deus existe? Será que é porque Ele ama a todos de igual forma?
    Talvez aí tenha uma boa história.

    Responder

  7. Amadeu Samento Soares
    maio 23, 2013 @ 10:10:46

    muito bom.otimo!!!!!!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Direitos autorais

Contos Infantis Infantil Criança História para Dormir Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes Por que porque como fantasia
Protected by Copyscape Duplicate Content Software
%d blogueiros gostam disto: