Por que temos que comer vegetais?

Essa é uma pergunta que eu já me fiz várias vezes. Toda vez que vejo um espinafre ou uma couve-flor, eu penso nela. Mas a resposta sempre me faz comer tudo direitinho até o final.

Bom, você sabe que fome e vontade de comer são coisas bem diferentes, certo? Não? É verdade! A vontade de comer vem de dentro da nossa cabeça, enquanto a fome vem da nossa barriga. E cada uma tem sua razão de ser.

A vontade de comer é o que faz a gente comer mais do que precisa. É o que nos dá desejo de comer a comida favorita, o bolo da avó, o sorvete da esquina. Ela não tem hora para aparecer e só para depois de saciada. E é tudo culpa do Nhonho.

De quê? Do Nhonho, um bichinho gordinho e de olhos grandes que vive dentro da nossa cabeça. Ninguém sabe direito onde dentro da nossa cabeça que ele mora, mas eu suspeito que seja entre os olhos e o nariz. Ou, pelo menos, é onde fica o meu, porque ele não pode ver nem sentir o cheiro de comida que já cria a vontade de comer. Fica enchendo minha boca de saliva e minha cabeça de desejo até eu comer o que ele quer e ficar satisfeito.

Como o Palavrôncio, ele não come com a boca, ele come com os olhos. Isso significa que ele se alimenta de ver a gente comer. Tem gente que tem Nhonhos muito gulosos que comem muito com os olhos e fazem com que essas pessoas comem muito também. É preciso aprender a controlar o seu Nhonho para que ele não controle você.

A fome, como eu já disse, vem da barriga. Ela costuma ter hora para aparecer. Às vezes, ela aparece junto com a vontade de comer, mas, geralmente, a vontade de comer aparece muito mais vezes no dia que a fome. Foi a fome que, com seus horários regulados, organizou as nossas refeições e disse para a gente para comermos café da manhã, almoço e jantar.

O responsável pela fome, na verdade, é ela: a Cricri. Ela mora dentro da nossa barriga, bem atrás do nosso umbigo. A Cricri é um bichinho bem magrinho que tem uma cabeça com váááárias bocas, cada uma com um formato diferente. Ela passa a maior parte do dia dormindo, mas, quando acorda, ruge que nem um leão!

Sabe aquela sensação de fome que temos? É a Cricri dando cambalhota na nossa barriga, esperando para ser alimentada.

Aliás, alimentar a Cricri não é fácil, não. Com o monte de bocas que ela tem, cada uma precisa de uma comida diferente. Eu ainda não consegui contar quantas bocas uma Cricri tem. Só sei que o melhor para alimentá-la é comer o maior número de cores e formas diferentes.

Como assim? Ora, a Cricri vive dentro da nossa barriga, atrás do umbigo. E é para lá que vai a nossa comida depois que engolimos tudo. Tudo passa pela Cricri. As suas mais diversas bocas com seus mais diversos formatos têm, cada uma, um gosto muito peculiar e único. Uma gosta de coisas verdes em forma de folha. Outra gosta de arvorezinhas brancas. Tem outra que quer comer coisas bem vermelhas. E por aí vai.

Isso tudo não é porque ela come a nossa comida. O que a Cricri come são as cores e as formas da comida que nós comemos. Ela vê o que chega na nossa barriga e cada boca come uma imagem até ficar satisfeita.

Dá até para enganar por um tempinho a Cricri e não dar tantas cores e formatos diferentes para ela se alimentar. Mas chegar uma hora em que a boca que não está sendo alimentada começa a reclamar e aí já viu, né?

Uma vez, eu parei de comer espinafre e couve-flor. Quando as bocas dessas cores e formas começaram a reclamar, foi terrível! Minha barriga ficou estranha, eu fiquei enjoado e não conseguia fazer nada. Só depois que eu prometi para a Cricri que voltaria a comer espinafre e couve-flor foi que as bocas me deram um descanso.

Desde então, eu como de tudo um pouco – mesmo que seja espinafre ou couve-flor. Eu, se fosse você, também comeria tudo o que sua minha mãe põe no prato. Não queira deixar a sua Cricri irritada.

Anúncios

8 Comentários (+adicionar seu?)

  1. petrusrocha
    out 18, 2010 @ 13:14:20

    Responder

  2. Thais Faria
    out 18, 2010 @ 13:21:55

    Adorei Pedro! Me avisa quando você publicar um livro que vou comprar pros meus filhos. Por enquanto você conquistou uma nova leitora fiel.
    Beijinhos pra ti e pra Carol.

    Responder

  3. Carol Sá
    out 18, 2010 @ 13:48:49

    Faço meus os comentários da Thais! Não conhecia esse blog. Amei!! beijo grande.

    Responder

  4. Geli
    out 18, 2010 @ 15:19:28

    Hahahahahahahahahahahahahahahahahahaha!!! Cricri!!!!! O meu Cricri é chato pra dedéu!! Ainda bem que eu curto comidas coloridas, hamburguer é verde, amarelo, vermelho e marrom!!!! rsrsrsrsrsrs

    Mas eu adoro qualquer comida! Mesmo as saudáveis como couve-flor e espinafre!

    Aliás, existe algo pra matar o Nhonho???? O meu tá sem noção! hahahahahahaha

    Responder

  5. jacqueline
    out 19, 2010 @ 16:18:35

    AMEI
    vou contar essa estória pro meu filho…rsrs

    Responder

  6. Carol
    out 21, 2010 @ 15:33:07

    eu gosto mto dessa história!
    aliás, conta pra mim da próxima vez que eu cismar que tenho que comer no Mc Donald’s?!

    beju

    Responder

  7. Sarah
    out 29, 2010 @ 14:31:22

    Muuuuito bom!! Vou guardar essa história na manga pra usar por aqui com um certo pequenino, vai que a Cricri dele invoca de não querer legumes!

    Responder

  8. Trackback: O que é a coceira? « Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Direitos autorais

Contos Infantis Infantil Criança História para Dormir Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes Por que porque como fantasia
Protected by Copyscape Duplicate Content Software
%d blogueiros gostam disto: