O que acontece depois que morremos?

A verdade é que ninguém sabe ao certo. Muitas pessoas têm suas opiniões, religiões e crenças. Pode ser que uma delas esteja certa (ou talvez todas, ou mesmo nenhuma), mas o que eu vou contar a seguir é o que eu acho que acontece.

Infelizmente, nas nossas vidas, há certas coisas que sem seu oposto, não existiriam: frio e calro, felicidade e tristeza, sorte e azar etc. Às vezes, essas duplas opostas podem ser os dois bons (como frio e calor, por exemplo), mas, na maioria das vezes, um deles pode ser algo que não queremos. E, para se poder viver, o oposto é morrer.

É muito triste isso porque deixamos de ter pessoas de quem gostamos muito ao nosso lado. Algumas pessoas dizem que quem faleceu nos deixa para sempre, mas eu penso diferente. Eu acho que as pessoas viram outra coisa, elas se transformam.

Como assim? Bom, nós temos dentro da gente as nossas essências que são todos os nossos pensamentos, sentimentos e vontades. Quando falecemos, é exatamente esta parte nossa que sai do nosso corpo. Só que ela sai num formato muito especial: como uma borboleta. Digo isso porque, sem o corpo, essa coisa pesada que levamos para uma lado e para o outro, ficamos muito leves a ponto de podermos voar.

Já vi muitas borboletas perto de pessoas queridas que se foram e tenho certeza de que elas estavam dando tchauzinho para mim. Eu já vi as borboletas mais coloridas e as mais cinzentas. E tudo depende de quem foi a pessoa que originou a criatura alada.

As pessoas alegres e cheias de carinho geralmente fazem bonitas e multicoloridas borboletas, daquelas que mais parecem lindas flores voando, pedaços de arco-íris ambulantes. Mas há pessoas que são tristes e amargas, pessoas sem cor na vida e que acabam virando borboletas sem cor, preta e branca ou apenas cinza.

Agora, aquelas borboletas enormes, quase do tamanho de um pássaro, são de pessoas que tinham o coração enorme, gente generosa e que se preocupava com os outros. As borboletas pequeninas eram pessoas egoístas que só se preocupavam com elas mesmas.

Então, eu acredito que todos deveríamos viver nossas vidas com muito carinho, alegria e generosidade para podermos virar uma enorme e maravilhosa borboleta. E se você vir uma borboleta voando, dê tchau. Pode ser alguém que você conheceu.

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Keyla
    ago 27, 2010 @ 17:21:35

    Acho que esse foi o melhor texto que vc escreveu até hoje nesse blog… super doce, lindo e lúdico! Acabei de dar um oizinho para uma linda borboleta azul que acaba de voar pelo meu jardim… quem sabe não era um conhecido?

    Responder

  2. paula carneiro
    ago 27, 2010 @ 23:37:38

    Lindo Pedro.
    Eu acho super importante que nem a morte seja tabu pra crianças. Afinal a “ordem natural das coisas” é q elas vejam entes queridos desencarnando.
    De uma forma ou de outra , é preciso dar uma resposta a isso e acima de td que elas n temam a morte. Afinal faz parte da Vida.

    Adooooooro Borboletas!

    Responder

  3. Trackback: Por que minha avó usa dentadura? « Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes
  4. Márcia
    out 02, 2011 @ 14:14:57

    Muito Lindo!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Direitos autorais

Contos Infantis Infantil Criança História para Dormir Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes Por que porque como fantasia
Protected by Copyscape Duplicate Content Software
%d blogueiros gostam disto: