Como papai conheceu a mamãe?

Há alguns anos, no meu blog de contos pra gentigrandi, decidi escrever a história de como conheci a patroa, visando nossos filhos. Foi, de certa forma, o post precursor deste blog. Então, não podia deixar de entrar aqui: Como papai conheceu a mamãe?

Era uma vez…

Era uma vez um menino. Ele andava na rua sempre olhando pra baixo e tendo muito cuidado para não cair num buraco ou pisar em merda de cachorro. Só que ele vivia batendo com a cabeça em postes e placas de rua. Seus amigos reclamavam que passavam por ele e ele fingia não ver – quando na verdade ele realmente não os via por estar sempre com a cabeça baixa.

Era uma vez uma menina. Ele andava na rua sempre olhando pra frente e tendo muito cuidado para não bater em postes e placas e para não deixar desapercebidos seus amigos. Mas ela vivia caindo em buracos e pisando em merda de cachorro. Seus amigos viviam reclamando que ela chegava sempre suja ou machucada aos lugares.

Era uma vez um menino que conheceu uma menina. Ele andava na rua sempre olhando pra baixo. Ela vivia olhando pra frente. Um dia, ele estava amarrando o sapato e ela esbarrou nele. Assim se conheceram. Eles nunca mais bateram em postes e placas ou caíram em buracos ou pisaram em merdas de cachorros.

Publicado originalmente em 31/07/08, aqui.

Anúncios

12 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Keyla
    ago 16, 2010 @ 19:05:18

    Vi seu blog pelo da carol e suas baby bobeiras… Adorei seus textos, tem tanto sabor de infância, daqueles que dá vontade de passar horas lendo e sonhando!

    Estarei sempre por aqui… e já que você sabe as respostas mágicas das perguntas intrigantes, o que a fada do dente faz com todos os dentinhos??? rsrsrs!!!

    Parabéns pelos textos!!

    Responder

    • petrusrocha
      ago 17, 2010 @ 16:07:08

      Oi Keila, que bom que você gostou! “…tem tanto sabor de infância” é o melhor elogio que eu poderia ganhar. Muito obrigado.

      E obrigado também por contribuir com a pergunta. Já-já vou postar a resposta.

      Bjs!

      Responder

  2. Carol Garcia
    ago 17, 2010 @ 08:53:09

    aieeee!!!!!
    virei fã daqui também.
    fala sério?!?!!?
    tem como não derreter com uma história dessas? ainda mais já conhecendo a carol….

    Responder

  3. Tatiana T
    ago 17, 2010 @ 09:41:54

    Oi Pedro… adivinha? Leio o blog da Carol, foi assim que vim parar aqui.

    Força pra vocês 2, tenho certeza que tudo vai dar certo com seu bebê (ja ja ele chega).

    Adorei sua ideia de responder as perguntas intrigantes dos pequenos, acho que é uma das coisas que eles mais adoram fazer… quando o seu perguntar, já vai saber o que responder.

    Uma sugestão pra vc responder, sei que ele(a) vai perguntar: COMO EU NASCI? DE ONDE EU VIM? (e todas as variações).

    Beijos pra vcs 2.

    Responder

    • petrusrocha
      ago 17, 2010 @ 16:15:47

      Oi Tati. Que bom que você veio conferir meu espacinho aqui e melhor ainda que tenha gostado.

      Obrigado pela força! Tenho certeza que o que é nosso tá guardado e nos esperando avidamente (só podia ter menos chaves e cadeados onde ele tá guardado, mas tudo bem – ehhehehe).

      A idéia é essa aí: já deixo as respostas prontas pra quando o moleque vier metralhando as perguntas. Espero que ajude outras mães e pais também.

      Cara, a sua pergunta foi uma das primeiras que veio na minha cabeça. Neste caso, eu sou meio contra de ser muito criativo na resposta, queria que fosse uma coisa mais realista. Esse tipo de coisa costuma causar muita confusão nas crianças, então quero ter bastante cuidado ao criar a resposta para que a molecada não fique perdida e sem entender nada. Mas já-já eu penso em algo legal e ponho aqui. E aí te aviso, combinado?

      Bjs e obrigado pela contribuição!

      Responder

  4. Anjinho
    ago 17, 2010 @ 10:41:12

    OI vi o anuncio do teu blog no bloguim da CArol, mto bom conehcer vc, sou seguidora dela, mas ñ tô vendo como te seguir.
    Me segue tá?
    Bjokas e grande abraço………sou tentante, mas breve estaremos todos com nossos babys nos braços.

    Responder

    • petrusrocha
      ago 17, 2010 @ 16:20:21

      Oi Anjinho. Que bom que você gostou do meu blog também.

      Realmente ainda não me entendi o suficiente com o wordpress para poder colocar o widget de seguidores, mas espero em breve já tê-lo aqui para você. Te aviso, ok?

      Quando eu conseguir me organizar aqui no meu blog, vou passar pelo blog de todo mundo para seguir a galera. ehehhehe

      De uma forma ou de outra, todos teremos nos braços os filhos que nos corresponderem no momento adequado. O nosso já tá vindo. Quem sabe não apresentamos um ao outro um dia ao vivo?

      Bjs!

      Responder

  5. Sarah
    ago 17, 2010 @ 10:42:21

    Olá Pedro! Mais uma leitora e seguidora da Carol que veio conhecer seu blog! Adorei, muito bacana e original sua ideia. Vou voltar aqui sempre!

    Responder

  6. Geli
    ago 17, 2010 @ 10:52:49

    Comentário no lugar certo: Que lindu! Que forma bonita de contar como se conheceram e como se completam!!!!! Agora responde ai: Por quê a minha vida sofre reflexos no retorno de Saturno se eu vivo na Terra? Hein hein? Sabe, o tal retorno de Saturno? Bjs
    Ah, gostei do brogui!

    Responder

  7. petrusrocha
    ago 17, 2010 @ 16:27:49

    Pô, Geli, você também, hein! Não tinha uma perguntinha mais fácil para responder? Vou pensar aqui numa resposta e aí te respondo pessoalmente, para não explanar sua vida e de Saturno aqui no blog.

    Bjs e que bom que você gostou!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Direitos autorais

Contos Infantis Infantil Criança História para Dormir Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes Por que porque como fantasia
Protected by Copyscape Duplicate Content Software
%d blogueiros gostam disto: