Por que os cachorros cheiram os rabos uns dos outros?

Uma vez, há muitos anos, todos os cachorros viviam na floresta junto com os outros animais. E eles eram muito amigos uns dos outros, viviam se visitando e fazendo festas só entre eles.

O Gato não gostava muito disso, ele se sentia sempre muito sozinho quando os cachorros faziam festas e ele não era convidado. Naquela época, gatos e cachorros eram muito amigos e estavam sempre brincando juntos; menos quando todos os cachorros iam para uma de suas festas e o Gato ficava de fora. Por isso, quando houve uma festa de novo, ele decidiu que ia se fantasiar de cão e ia também.

Quando ele chegou no lugar da festa, viu que estavam realmente todos os seus amigos cachorros lá dentro: os altos e os baixos, os peludos e os carecas, os gordos e os magricelas, os grandes e os pequenos. E ele ficou super animado para entrar logo na festa e brincar com todos.

Mas havia uma problema: para entrar na festa, cada cão tinha que pendurar seu rabo num cabide na entrada. Acontece que rabo de cachorro feliz não combina com festa. Você já viu como ficam os rabos deles quando estão felizes? Ficam abanando sem controle. Aí já viu, né? Não tem copo com bebida em festa que consiga ficar direitinho, caem todos. Assim, eles decidiram todos pendurar seus rabos na porta.

Só que o Gato não tinha rabo de cachorro e o seu rabo ia facilmente denunciar seu disfarce antes de ele conseguir entrar na festa. Então ele decidiu pegar um rabo emprestado daqueles que já estavam pendurados. Ele foi bem devagarinho, pé ante pé, sem fazer barulho, e conseguiu chegar até onde estavam os cabides de rabo.

Chegando lá, ficou perdido: havia tantas variedades diferentes de rabos que ele não sabia qual seria o melhor para a sua fantasia de cão. Havia longos e curtos, peludos e carecas, gordinhos e magrinhos, grandes e pequenos. Então ele decidiu testar, um por um, para ver qual ficava mais bonito na fantasia.

Muito vaidoso, ele passou um bom tempo provando cada um dos rabos sem nunca achar um que o satisfizesse. Quando finalmente se decidiu por um, percebeu que havia tirado todos os rabos dos seus lugares e estavam jogados no chão à sua volta. Preocupado com a possibilidade de chegar algum convidado da festa, ver aquela bagunça e não deixar ele entrar, rapidamente pendurou todos os rabos de volta; sem saber que não os colocava nos seus devidos lugares.

O Gato, então, entrou na festa e curtiu muito a noite com todos os seus amigos. Porém, quando a festa estava acabando e os cachorros começavam a ir para as suas casa, ele percebeu uma confusão na saída. Quando chegou perto, viu que os cachorros estavam todos confusos, com os rabos trocados e procurando cada um o seu. Ninguém sabia onde estava o seu verdadeiro rabo! Já pensou perder o seu rabo, que triste?

Percebendo que os cães estavam bem chateados, rapidamente o Gato fugiu pela janela e fingiu que não sabia de nada. Só que os pobres cachorros foram todos para casa sem seus rabos verdadeiros. E é por isso que até hoje, quando um cachorro se encontra com outro, ele vai cheirar o rabo dele: é para ver se o amigo está com o seu verdadeiro rabo.

E é também por causa dessa história que, depois dos cachorros descobrirem o que o Gato fez, gatos e cachorros não poderem se encontrar que dá briga.

Anúncios

11 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Maya
    ago 17, 2010 @ 00:01:39

    Amei essa história!
    Se alguma criança me fizer essa pergunta, vou contá-la!!

    Responder

    • petrusrocha
      ago 17, 2010 @ 16:29:51

      Oi Maya. Que bom que você gostou da história! Para você ver como eu gostei dela também, guardei comigo desde quando minha avó me contou quando eu era criança. Ela é ótima!

      Faça bom proveito dela!

      Bjs!

      Responder

  2. Yara
    ago 17, 2010 @ 09:20:18

    Hahaha, eu sabia da versão mais boca suja: os cachorros iam lutar na guerra, mas estavam com medo, afinal quem tem cu tem medo. Então decidiram deixar seus fiofós todos empilhados enquanto iam lutar. Venceram a guerra, mas quando voltaram, não souberam encontrar qual era seu respectivo loló. Aí um pegou o do outro e é por isso que tem cachorro pequeno com fiofó grande e cachorro grande com fiofó pequeno. E quando eles se encontram, um cheira o do outro pra saber se é o seu.

    Confesso que sua versão é bem melhor e menos infame do que a minha, hehehe.

    Responder

    • petrusrocha
      ago 17, 2010 @ 16:32:41

      Oi Yara. Sua versão da história é hilária! ahahhahahha Adorei!

      Realmente, tenho que manter a minha versão porque a sua é pra gentigandi, né?

      Mas fica registrado!

      Bjs!

      Responder

  3. Trackback: Por que os pássaros cantam? « Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes
  4. Trackback: Vencedor da semana « Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes
  5. guilherme
    nov 26, 2011 @ 10:08:03

    nada ver a historia e essa

    Já ouvi falarem que no inicio do mundo um grande rei deu uma festa para o seu cãozinho então cachorros do mundo todo foram convidados para tal festa e para não constranger o aniversáriante que teve seu rabo amputado quando filhote e não devia saber que outros cães tinham rabo a ordem era para que os convidados tirassem o rabo e deixar na portaria .
    Durante a festança aquele furdunço todo algo deu errado um dos fogos do show pirotécnico tombou e uma grande quantidade de bombas espalhou provocando um grande incêndio todos os que ali estavam tiveram que correr e com medo de morrer queimados e com medo de ficar sem rabo cada um pegou o primeiro que viu e foram embora desde então os cachorros cheiram um ao outro tentando reaver seu rabo original.

    Responder

  6. bianca
    abr 02, 2013 @ 13:07:05

    Eu ja tinha ouvido esta historia ela é muito conhecida eu adorei !!!<3

    Responder

    • petrusrocha
      abr 10, 2013 @ 18:32:22

      Que bom que você curtiu, Bianca!

      Se voc6e tiver outra sugestão de história legal pra contar ou uma pergunta intrigante para eu responder, pode me mandar, por favor? Adoraria trocar ideias com você!

      Responder

  7. Trackback: Quem inventou o pique-esconde? | Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes
  8. Carlos Eduardo Silva de Alcântara
    jan 24, 2017 @ 01:11:39

    Adorei seu blog. Gostei muito da maneira como escreve, me fez lembrar da minha mentalidade da infância.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Direitos autorais

Contos Infantis Infantil Criança História para Dormir Respostas Fantásticas para Perguntas Intrigantes Por que porque como fantasia
Protected by Copyscape Duplicate Content Software
%d blogueiros gostam disto: